NOTÍCIA » CTPlan discute critérios de hierarquização de projetos

07/07/2014 às 16:14

A 4ª Reunião da Câmara Técnica de Planejamento e Controle ocorreu na Universidade Federal de Uberlândia no dia 04 de julho. Os itens a serem discutidos nesta reunião foram: a apresentação dos critérios de hierarquização dos projetos de demanda espontânea, apresentação do Seminário de Fitorremediação e ainda, a composição do Grupo de Trabalho de acompanhamento da implementação do Plano de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do rio Araguari, GT Plano.

A reunião teve início com a Analista Ambiental da ABHA, Adairlei Silva, que apresentou a proposta para o Seminário de Fitorremediação, um recurso alternativo e de baixo custo ao tratamento de esgoto em pequenas localidades. Serão destinadas 100 vagas para o seminário, que será voltado para conselheiros do CBH Araguari, prefeitos, vereadores e técnicos dos municípios da bacia hidrográfica do rio Araguari. Os palestrantes sugeridos pela Analista Ambiental foram: Dr. Paulo Fortes Neto, Fernando A. Rodrigues, Gunther Gehlen. O Coordenador da CTPlan, Sylvio Andreozzi, sugeriu ainda a presença de um técnico da EMBRAPA. A data do evento, antes programado para o dia 25 de julho, também sofreu alterações e foi transferido para 17 ou 18 de setembro, de acordo com a disponibilidade de local, dos palestrantes e conforme decidido pelos conselheiros em assembleia.

O item seguinte foi a apresentação dos critérios de hierarquização dos projetos de demanda espontânea. A Analista Ambiental da ABHA, Fernanda Maia, apresentou as planilhas que servirão para classificar os projetos, utilizando dados de diversos índices do Plano Diretor de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio Araguari e do Governo do Estado de Minas Gerais, para as sub-bacias e municípios pertencentes à Bacia do Rio Araguari. Entre esses dados estão: IFDM Saúde - Índice Firjan para Desenvolvimento Municipal - Saúde; IDHM – Índice de Desenvolvimento Humano Municipal; porcentagem de áreas cobertas por Unidades Municipais de Conservação; valor pago à cobrança pelo uso da água; entre outros. Foi acordado que será levado para a próxima assembleia do Comitê, depois de realizada as alterações sugeridas pela Câmara Técnica, a minuta da resolução contendo a classificação dos municípios e sub-bacias conforme critérios propostos, para aprovação em plenária. No entanto, antes disso, essa minuta deverá ser enviada para a CTIL para análise jurídica.

Foram abertas duas vagas para cada segmento com representatividade no CBH Araguari indicar representantes para compor o Grupo de Trabalho de acompanhamento da implementação do Plano de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do rio Araguari. Até o fechamento desta matéria (07/07/2014) o GT Plano está composto da seguinte forma: Sociedade Civil: Aprogeo Trialto – Fernando Abdalla e Universidade Federal de Uberlândia – Sylvio Andreozzi; Poder Público Municipal: Prefeitura Municipal de Uberlândia – Márcia Cristina Medeiros de Freitas; Poder Público Estadual: Instituto Mineiro de Gestão das Águas – Robson Rodrigues dos Santos; Usuários: Ibram – Everton Stábile Inácio. Resta uma vaga em cada um dos segmentos: Poder Publico Municipal, Poder Público Estadual e Usuários. O prazo para a indicação dos representantes vai até o dia 09 de julho.

Fonte:

0800 039 4269
Atendimento aos Usuários de Recursos Hídricos
da Bacia Hidrográfica do Rio Araguari

COMITÊ DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ARAGUARI
Rua Jaime Gomes, 741, Centro / Araguari, MG - CEP: 38440-244
FoneFax: (34) 3246-4269
E-mail: comite.araguari@agenciaabha.com.br

©2014. Todos os direitos reservados.